Babados da Vida na América: O que não vestir em Boston

Ola queridas,

Sumi! Desapareci da humanidade e de mim mesma fazendo as pesquisas finais do intensivo de verão da escola.

   Agora oficialmente de férias por 3 semaninhas até o início do próximo semestre, finalmente tive um tempinho de voltar aqui e compartilhar mais alguns babados.


   O babado de hoje é: O que não vestir em Boston.
   O sentimento aqui é bem forte, o povo é super orgulhoso de sua cidade, da maioria partidária na política, e dos seus times.

Portanto, se você não quer se sentir literalmente nua andando nas ruas (sério mesmo - vão te olhar como se tivesse algo MUITO errado acontecendo com você kkk) evite o seguinte:

• Camiseta ou qualquer outro acessório do time de baseball dos Yankees de Nova York. O time daqui do Red Sox e os Yankees tem uma picuinha e competitividade eterna. E mesmo as pessoas que não seguem os jogos automaticamente já estão programadas de que os Yankees são inimigos kkk. Tenho certeza que já viram esses bonés por aí no Brasil. Pois é...não são de Nova York e sim do time dos Yankees.


• Camiseta do I LOVE NEW YORK. Essa literalmente é pior que bater em mãe no dia das mães. Altamente inadmissível. O negócio aqui é "Boston Strong".


• Camiseta ou qualquer outro acessório dos New York Giants, o time de futebol americano. O time de Massachusetts, os Patriots aonde joga o Tom Brady marido da Giselle Bundchen são super inimigos. Sempre rola os dois na final do campeonato e a competitividade é extrema.

• Camiseta, mochila ou outros acessórios da Yale University, também podem causar alguns olhares meio tortos. A Yale University que fica logo ao lado, no estado de Connecticut é uma eterna rival da Harvard, sempre competindo por status e mais prestígio.


Se estiver usando alguma outra roupa do Texas ou outros estados por do sul e do centro dos EUA vão te achar da roça, na visão deles o povo "daqui" que é inteligente, moderno e avançado. Os outros são os "red necks".


    Espero que gostem, e usem :) as dicas.

Beijos e até o próximo babado.



Nenhum comentário:

Postar um comentário